Direto do Twitter

22/09/2009

“O churrasco e os gaúchos” (atualizado)

Causou indignação o texto “O churrasco e os gaúchos”, publicado pela ZH na última sexta-feira. O fato é que o autor do texto tem muita razão ao fazer as afirmações que faz. Realmente, as churrascarias nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro costumam ser melhores que as do Rio Grande do Sul. Alguns dizem que são gaúchos os responsáveis por essas churrascarias fora do estado, inclusive utilizam nomes que remetem ao RS, como o próprio autor apontou.

Na realidade, os gaúchos se orgulham de muitas coisas sem o menor cabimento. Eu já disse e repito: só acredita que a Polar é a melhor cerveja do Brasil quem está bebendo pouco.

Mas não fujamos do churrasco: já cansei de pedir carne ao ponto e sempre recebo carne mal passada. Isso não ocorre em São Paulo e Rio de Janeiro, pelo menos não nas boas churrascarias. Na Schneider, na Braseiro ou em qualquer outra boa churrascaria de Porto Alegre, ou o garçom não entendeu meu pedido, ou o churrasqueiro é muito ruim, mesmo. Vai saber…

Agora, não entendi por que tamanha irritação do autor do texto, morador de São Borja. Não parece ser um problema só com o churrasco… Enfim.

Atualização: 23 de setembro de 2009, às 12:05

Aproveitando o ensejo, saiu uma entrevista na ZH com o cartunista Allan Sieber, que é gaúcho, mora no Rio há 10 anos e não poupa ninguém. Recomendo. Ah, sim, aqui e aqui.