05/09/2006

[ rango & charlote ]

A internet avançou muito nos últimos anos. Existem centenas de sites interessantes e muitos com ferramentas muito úteis para qualquer tipo de trabalho. Mas a verdade é que são poucos os sites realmente bons pra se passar o tempo. E um desses raros exemplos é o Rango e Charlote, fotonovela do meu amigo Guilherme Verzoni.

Conheci o Guiti no curso de Letras. Ele já tinha abandonado o Direito nessa época. Ele publicou um livro de contos divertido naquele ano, 1998, chamado A Barata de Toga. Alguns anos depois, 2000 ou 2001, lançou uma novela muito bem escrita e com uma trama bem construída, Uísque Bar no Litoral. Aí acabou largando definitivamente a Letras, fez uns cursos de Publicidade na ESPM e voltou pro Direito. Mas o grande negócio do Guiti é criar. A cabeça dele está sempre antenada para tudo a seu redor. Desde um clássico italiano da década de 40 até o último gibi do Robert Crumb, nada escapa. E pra criar é assim: só cria quem tem imaginação, e só tem imaginação quem lê muito, quem assite a muitos filmes, desenhos e seriados, quem escuta muita música, enfim, quem consome arte e devora antropofagicamente as informações do dia-a-dia.

Rango e Charlote é uma fotonovela, ou Ficções Fotonovélicas. É uma mídia pouco explorada na internet, talvez esta seja a primeira tentativa séria, pelo menos no Brasil. O texto é todo do Guiti, e pra produzir a história tenho a impressão de que ele contou com o apoio de alguns amigos e, claro, da RadioAtiva, pra pôr no ar o material. A linguagem da história é direta, sem papas e recheada com alguns neologismos, referência direta ao Laranja Mecânica do Anthony Burgess, adaptado pro cinema pelo Stanley Kubrick num filme fantástico. As cores lembram algo anos 60 ou 80. A trama retrata um casal em franca decadência, lidando com seres exóticos a procura de algo que lhes satisfaça, mas que, parece, nunca será encontrado.

Tomara que a iniciativa do Guiti inspire outros a seguir o mesmo caminho. O resultado é ótimo. Confiram!

(Meus alunos estão produzindo algumas fotonovelas, baseadas em obras literárias. De acordo com a possibilidade e com a vontade deles, vou colocar esse material no ar).

2 comentários em “[ rango & charlote ]”

  1. Guiti escreveu:

    “um casal em franca decadência, lidando com seres exóticos à procura de algo que lhes satisfaça, mas que, parece, nunca será encontrado.”
    PUTZ, MARCELO, GOSTEI DISSO!!! (PRECISAMOS TOMAR MAIS ALGUNS CAFÉS.)
    GUITI.


  2. Eduardo Bustos escreveu:

    eu sou a favor da postagem das fotonovelas…
    ninguém da sala precisa saber…hahaha


Deixe um comentário

Comentário: